top of page

A (Incrível!) Bibliotheca Philosophica Hermetica: BPH 2023


Foi no final dos anos 90 que conheci a Bibliotheca Philosophica Hermetica (BPH), também conhecida como The Ritman Library uma biblioteca única no mundo, fundada por Joost Ritman, atualmente localizada num interessantíssimo edifício histórico, conhecido na Holanda como Huis met de Hoofden (Casa com as Cabeças), mesmo no centro de Amsterdão.

O que me impressionou profundamente foi, não só a impressionante coleção de manuscritos e obras impressas no campo da gnose, do hermetismo (mais especificamente da tradição “cristã-hermética”) e da alquimia, mas, principalmente, a disponibilidade e a simpatia com que fui acolhido, num ambiente simultaneamente descontraído e bem organizado.


Atualmente a Biblioteca é gerida pela Embaixada da Mente Livre, que é simultaneamente museu, biblioteca e plataforma intelectual inspirada na coleção. E, segundo consegui apurar, possui mais de 23.000 volumes sobre hermetica, rosacrucianismo, alquimia, misticismo, gnose, esoterismo e religiões comparadas. Na sua esmagadora maioria, obras de altíssimo valor científico, artístico e cultural.

Outras áreas abrangidas pela coleção são: sufismo , cabala , antroposofia , teosofia , pansofia , maçonaria e Graal.



A totalidade da coleção da Bibliotheca Philosophica Hermetica consta em cerca de 28.000 livros, incluindo cerca de 7.500 livros impressos antes de 1800, 70 incunábulos (obras impressas que datam da origem da imprensa, ou seja, anteriores a 1500!..),700 manuscritos posteriores a 1550 e 25 manuscritos escritos antes de 1550. Os livros restantes são posteriores a 1800.

Entre os tesouros da Bibliotheca Philosophica Hermetica estão o magnífico exemplar do Corpus Hermeticum publicado em 1471; a primeira edição ilustrada da Divina Commedia de Dante de 1481 e De Officiis de Cícero, impresso em 1465.




O fundador da biblioteca, Joost R. Ritman (1941), começou a colecionar livros raros ainda jovem, tendo começado com um exemplar que lhe foi oferecido pela sua mãe, de uma cópia de uma edição do século XVII de "A Aurora", obra de Jacob Böhme – autor que se tornou uma fonte de inspiração. Quando concebeu o plano de transformar a sua coleção particular de livros numa biblioteca, a sua visão era reunir sob o mesmo teto manuscritos e obras impressas no campo da tradição hermética, e mostrar a inter-relação entre as várias áreas da coleção e a sua relevância para os dias atuais. Após anos de trabalho árduo, ensombrados por uma crise financeira e cortes, a Biblioteca Ritman reabriu suas portas em 16 de dezembro de 2011 e, depois, na atual localização, em 2017 reabre com a inauguração da Embaixada da Mente Livre, na presença do autor, Dan Brown – que financiaria do seu bolso, com mais de 300.000 €, a digitalização de 4.600 livros impressos antigos e 300 manuscritos mais antigos.


Sim, vale a pena uma viagem a Amsterdão para (entre outras coisas) visitar e conhecer esta Embaixada e Biblioteca. Vamos? Inscrição para a viagem de Verão 2023 para rui.lomelino.freitas@gmail.com com o assunto BPH 2023

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page